Presest no Guitar Rig

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Presest no Guitar Rig

Mensagem  Admin em Sab Fev 06, 2010 8:18 pm

Posto que cada vez mais gente usa simuladores virtuais, afinal são uma boa opção para gravações, e afins, seria uma boa ideia postarmos presets com os devidos esclarecimentos e razões de escolha de tal e tal parâmetro.

Acredito que a troca de ideias é algo essencial para nós que não temos como sair por ai fazendo jams nos
bares/botecos/buracos da vida, e como já disse, acho bem válida a exposição de que se usa, como se usa e de porque se usa, mesmo porque tendemos a nos acostumar com certas coisas, e uma opinião diversa pode nos acordar de nosso sono dogmático.

Encarecidamente peço aos colegas que não entrem no mérito de analógico/digital e tudo o mais. O propósito aqui não é esse.

Acho que ferramentas há como nunca houve, virtualmente qualquer um pode se divertir com elas, cada qual dentro da sua ignorância e de seus conhecimentos, então, aproveitemos para discutir e alargar os conhecimentos.

Para quem tem dúvidas sobre o uso de programas do tipo, há um ótimo tópico em stick (autoria do Headstock Invertido) que dirimirá qualquer dúvida que se possa ter, recomendo sua leitura.

Também quem está começando e quer saber o que faz o que nos simuladores, e não sabe inglês, pois há informações no própro programa, faça atenção ao que se posta aqui, pois pode-se aprender bastante ao longo dos posts.

Enfim, vamos lá.

Lead 800 (GR4) (Simulação de Marshall JCM800)

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


http://www.4shared.com/file/209171938/846c45eb/Lead_800_processado.htm l

Bom, eu sinceramente acho os controles de tonalidade dos amps do Guitar Rig um tanto quanto inúteis (não de todo). Só me parecem responder bem no máximo e no mínimo, por isso quase sempre uso algum tipo de
equalização.

Particularmente gostei muito dessa simulação noGR4 (Lead 800), me pareceu bem superior a do GR3, mais dinámica e macia. Com um pouco de paciência, pode-se tirar uns timbres bem "mofados" dela, e é esse o estilo de que gosto. Também gosto da rispidez do timbre dela.

O ponto negativo é que vai chiar um pouco, e embora o Noise Gate esteja bem mais discreto nessa versão,
ainda dá uma roída no resultado final, geralmente eu o desligo.

Bom, quanto ao Reverb, sempre uso o de Molas (Spring Reverb), de que gosto bastante, o Studio Reverb (vermelho) é legal mas me é difícil tirar uma reverberação não metálica dele, e isso me tem impedido de usá-lo mais.

Também ali está Rotator, está desligado no sample que coloquei mas é um efeito ótimo e bem peculiar,
um de meus prediletos do programa. Apesar de ter vários parâmetros a regular ( o que eu detesto), ele é bastante domável. Mais tarde o abordo de forma mais detalhada.

Admin
Admin

Mensagens : 11
Data de inscrição : 01/02/2010

Ver perfil do usuário http://querelamusical.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Presest no Guitar Rig

Mensagem  Admin em Sab Fev 06, 2010 8:23 pm

Tweed Delight + Fuzz (Fender Tweed Deluxe + Fuzz Face)

Confesso que não sei utilizar Fuzzes. Já tentei. Em transistor, no meu valvulado. Primeiro pedal da cadeia, único pedal da cadeia. Não deu. Abafou, ficou estridente.

Estava brincando com o Tweed Delight (Tweed Deluxe) quando decido acrescentar o Fuzz vermelho do Guitar Rig (cópia do Fuzz Face?). Muito embora não esteja do jeito que eu quero (hehe) consegui algo apresentável.

Uma boa opção nesses amps é mesclar os dois controles de volume (O Bassman e o Tweed Deluxe têm), um deles tem uma mudança na linha de equalização que deixa o som um pouco mais brilhante e destacado, sem ficar estridente (a menos que você coloque no 8 por exemplo com o Tone já lá no máximo).

Consegui uma melhora na estridência com uma solução simples: coloquei o gabinete do Tweedman (Bassman 4x10) no lugar do 1x12 que acompanha o Tweed Deilght por definição.

Acredito que usando a opção de se mudar a microfonação, colocando-o off axis ou mesmo atrás, ou ainda dois
gabinetes diferentes microfonados desta forma, pode-se conseguir timbres interessantes, mesmo com um set "simples".

Para finalizar, acrescentei um Reverb de Molas, de que gosto bastante, mas acho que que dessa vez um reverb do tipo Plate teria caído melhor pois "molharia" menos o timbre final, e a impressão de Fuzz que eu tenho é a
de um efeito "seco".

Aqui vai uma gravação curta:

Tweed Mais Fuzz processado.mp3

Aqui uma imagem do preset tal como foi usado. (O Filter estava em bypass)

http://img15.imageshack.us/i/imagemdeluxefuzz.png/


Admin
Admin

Mensagens : 11
Data de inscrição : 01/02/2010

Ver perfil do usuário http://querelamusical.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum